Follow by Email

terça-feira, 17 de maio de 2011

A Guerra à Wikileads




Os ataques à WikiLeaks e a seu fundador, Julian Assange, constituem uma resposta à revolução na informação que ameaça as velhas ordem de poder, na política e no jornalismo.
A incitação ao assassínio trombeteada por figuras públicas nos Estados Unidos, juntamente com tentativa da administração Obama de corromper o direito e remeter Assange para um buraco prisão infernal durante o resto da sua vida são as reações de um sistema opressor revelado como nunca o fora antes.
Nas últimas semanas, o Departamento da Justiça dos EUA estabeleceu um grande júri secreto do outro lado do rio de Washington, no distrito Leste do estado de Virgínia. O objetivo é acusar Julian Assange sob uma desacreditada lei de espionagem utilizada para prender ativistas da paz durante a Primeira Guerra Mundial, ou uma lei da “guerra ao terror” que degradou a justiça estadunidense. Peritos judiciais descrevem o júri como uma “preparação deliberada”, destacando que este canto da Virgínia é onde residem empregados e famílias do Pentágono, CIA, Departamento de Segurança Interna e outros pilares do poder americano. (more…)

Nenhum comentário:

Postar um comentário