Follow by Email

sábado, 2 de março de 2013

Wanderlei nega acusação e desafia Beto a provar dívidas


BARRA DO GARÇAS | 01/03/2013 - 17:16

Wanderlei nega acusação e desafia Beto a provar dívidas 




Foto: Francis Amorim
Foto: Francis Amorim -- Ex-prefeito, Wanderlei Farias (PR)
Ex-prefeito, Wanderlei Farias (PR)
   O ex-prefeito de Barra do Garças, Wanderlei Farias (PR), contestou as declarações do primo e atual gestor Beto Farias (PSD) de que teria deixado uma dívida de R$ 8 milhões e a prefeitura com excesso de funcionários. Segundo ele, o social-democrata está equivocado e com medo de não conseguir cumprir as diversas promessas feitas durante a campanha. “Ele já começou a utilizar o mesmo expediente do ex-prefeito Zózimo Chaparral para esconder um eventual fracasso de sua administração”, disparou.
   Apresentando números, o ex-prefeito desafiou Beto a provar a existência de dívidas com fornecedores, como INSS e FGTS. Wanderlei zomba do sobrinho ao se referir das dívidas como energia elétrica e telefone. “São contas pontuais que até mesmo uma simples casa possui. Quero que ele prove com documentos que eu deixei de pagar os fornecedores. Eu sim herdei uma prefeitura falida e mostrei documentos que comprovassem a realidade, ao contrário do que ele faz agora, querendo aparecer na mídia para enganar a opinião pública”, se defendeu.
   Wanderlei apontou também que o atual prefeito esqueceu das dívidas fundadas, citando, como exemplo, déficits contraídos pelo Projeto Cura, ainda na primeira gestão do seu pai, Wilmar Peres de Farias (já falecido). “Ele sabe disso, no entanto, não vem a público esclarecer que são pagas até hoje. Para jogar a responsabilidade sobre a minha pessoa é preciso ter provas e ele não tem”. O ex-prefeito lamentou que Beto, ao invés de tentar cumprir suas promessas de campanha e justificar a expressiva votação que obteve, se limite a responsabilizá-lo por algo que não existe. “Torço para que ele faça uma administração dez vezes melhor que a minha, mas que não falte com a verdade”.
   O republicano também destacou que deixou em caixa R$ 2 milhões para a reforma de 12 PSF (Posto Saúde da Família); R$ 1,6 milhões para as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA); R$ 2,5 milhões para obras de recapeamento de ruas e avenidas; bem como R$ 2 milhões para obras de drenagem. “Na minha gestão deixei 350 unidades habitacionais em construção e aprovado o loteamento para a construção de outras 950 casas, cujos recursos são da Caixa Econômica Federal e não da prefeitura, como ele anunciou. O convênio que ele assinou é de fachada”, ressaltou ao afirmar que até recursos para a reforma do aeroporto municipal havia deixado locado. Wanderlei, por fim, ainda questionou o excesso de funcionários apontados por Beto. “Se a prefeitura está engessada é por culpa dele que já contratou 400 funcionários, dobrou seu salário e ainda aumentou o número de secretárias. Quem está com a razão?”.
Fonte: Rd News
http://www.rdnews.com.br/blog/post/wanderlei-nega-acusacao-e-desafia-beto-a-provar-dividas

Nenhum comentário:

Postar um comentário