Follow by Email

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Secretaria de Educação não atende pauta da categoria

BARRA DO GARÇAS | 13/08/2013 - 09:57

Secretaria de Educação não atende pauta da categoria

Francis Amorim, de Barra do Garças


  Cerca de 65% das escolas da rede municipal de ensino estão com as atividades paralisadas por tempo indeterminado. O movimento foi deflagrado como forma de ‘pressionar’ a Prefeitura de Barra do Garças ao pagamento do piso nacional de professores, que hoje é de R$ 1.567 e elevação de nível. Os profissionais alegam que o município paga o piso de R$ 1.030,00.
  A secretária de Educação, professora Fátima Aparecida Resende, alega que parte dos professores recebem o piso de acordo com a carga horária. Segundo ela, o município hoje não tem condições de atender a reivindicação porque estaria em descumprimento a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Além disso, os professores tiveram um reajuste salarial de 16% no final do ano, o que comprometeu o orçamento para este ano”, revela.
  A ameaça de greve vinha sendo feito desde o mês de maio quando representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso – Subsede de Barra do Garças, e da secretaria municipal de Educação se reuniram para abrir um canal de diálogo, criando, inclusive, uma comissão paritária para analisar a questão e achar uma saída, porém, a iniciativa não logrou êxito.“Nossa intenção é buscar o diálogo para voltarmos a conversar no ano que vem. Inicialmente, o município não tem condições de atender a reivindicação sob pena de ser penalizado”, disse a secretária de Educação.
  O Sintep informou que a greve é por tempo indeterminado. Por isso, a maioria das escolas está com as atividades paralisadas, algumas, de forma integral e outras parcial.
  Rede estadual
  Além das escolas do município, a rede estadual também está paralisada em Barra do Garças diante da deflagração da greve que ocorreu nesta segunda-feira em todo o estado. No município, são 19 escolas.
Fonte: Rd News
http://www.rdnews.com.br/noticia/sem-piso-nacional-professores-de-barra-do-garcasentram-em-greve

Nenhum comentário:

Postar um comentário