Follow by Email

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Beto derrota Wanderlei na disputa pela presidência da Câmara de Barra

Beto derrota Wanderlei na disputa pela presidência da Câmara de Barra

Olhar Direto
Olhar Direto

Os primos Wanderlei e Beto Farias voltaram a se enfrentar terça-feira (1) indiretamente na disputa pela presidência da Câmara Municipal de Barra do Garças, 509 km de Cuiabá. Os dois articularam nos bastidores as candidaturas de Miguelão Moreira (PSD) e Júlio César (PSDB), ao final, o afilhado de Beto, Miguelão, venceu por 10 a 5. O resultado foi amplamente comemorado pelo grupo do social-democrata que sucede Wanderlei no comando da maior prefeitura do Vale do Araguaia.
A expectativa era muito grande entorno desta eleição devido aos comentários de pressão em cima de alguns vereadores tudo na tentativa de conquistar votos. Houve até proposta de recrutar alguns parlamentares numa fazenda com objetivo de assegurar apoio. Júlio e Miguelão, não confirmam, mas recorreram aos padrinhos políticos para reforçar o pedido de voto entre os vereadores.
Além de Wanderlei, de última hora, o tucano Júlio teria conseguido apoio também de Daltinho (PMDB), Sandro Saggin (PSB) e Eduardo Moura (PPS). Prova disso que os vereadores Reinaldo Chocolate e Weliton Mandioquinha (PMDB); Valdeci Pebinha e João Rodrigues (PSB) foram orientados para votar no candidato de Wanderlei. Quem admitiu essa possibilidade foi o próprio Sandro, ex-candidato a vice-prefeito de Daltinho. Sandro esteve na sessão e conversou com os vereadores.
Outro que marcou presença na eleição foi o suplente de deputado federal Eduardo Moura (PPS). Ele estaria de olho no voto do vereador Celson Souza (PV), eleito na coligação que Moura foi candidato a vice-prefeito de Barra. A tendência é que Celson tenha votado em Miguelão porque na sequencia ele se elegeu vice-presidente. Já o prefeito Beto esteve acompanhado do presidente do partido, suplente de deputado estadual Leandro Soares, pessoalmente no plenário juntamente com o vice-prefeito Mauro Piauí. E a presença do trio funcionou em prol de Miguelão.
O socialista comemorou a vitória ao lado de Beto com muita vibração. Pela terceira vez Miguelão comandará a Câmara de Barra. Ele já foi candidato a deputado estadual e prefeito de Barra (2004) e presidiu a União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (Ucmmat).
Além de Miguelão e Celson, compõem a mesa: Odorico Kiko (PT) para 1° secretaria e Airton Biroska (PSB) para 2° secretaria do biênio 2013/2016.
A parte descontraída do pleito ficou por conta da disputa da 1ª secretaria aonde Mandioquinha chegou a vencer a primeira votação, porém ele mesmo observou que a cédula ainda estava com o nome do Chocolate que havia desistido e por isso foi realizada uma nova eleição e o petista Kiko o derrotou por 9 a 6.
As comissões permanentes e provisórias da Câmara Municipal serão constituídas em fevereiro após o recesso do legislativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário