Follow by Email

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Aurélio Mendes prefeito de Aragarças-GO é preso na operação do Ministério Público

Operação Tarja Preta prende prefeitos e secretários de várias cidades goianas
Prefeito Aurélio Mendes fazendo da camisa capuz para tentar encobrir o rosto na Operação Tarja Preta
FONTE: GLOBO TV
http://globotv.globo.com/tv-anhanguera-go/ja-1a-edicao/v/operacao-tarja-preta-prende-prefeitos-e-secretarios-de-varias-cidades-goianas/2889849/


Foi preso no início da tarde de hoje (15), em Goiânia, o prefeito de Aragarças, Aurélio Mendes (PSDB), por determinação do Ministério Público de Goiás através da operação Tarja Preta que investigava há 10 meses a venda ilegal de medicamentos a municípios goianos e que Aurélio estaria supostamente envolvido.  
Informações dão conta de que a polícia procura um suspeito em Pontal do Araguaia e outro em Barra do Garças. Prefeitos das cidades goianas de Rialma, Jandui de Faborelli e de Uruana, Gilmar do prado, estão presos.
Ao todo estão sendo cumpridos 123 mandados em 20 municípios de Goiás, 38 deles são mandados de prisão temporária, 37 mandados de condução coercitiva e 48 de busca e apreensão. Entre os alvos estão prefeitos, secretários de saúde, empresários e advogados.
Os órgãos do Ministério Público de Goiás que coordenam a operação são a Procuradoria-Geral de Justiça, Procuradoria de Justiça Especializada na Promoção de Ação Penal contra Prefeito Municipal, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Centro de Segurança Institucional e Inteligência (CSI). Participam da operação 70 promotores de Justiça e 386 policiais militares da PM de Goiás e do Mato Grosso.
A investigação do Ministério Público, até o momento, apontou indícios da prática dos seguintes crimes pela organização criminosa: a) formação de quadrilha; b) formação de cartel; c) peculato; d) corrupção ativa e passiva; e) indevida dispensa e inexigibilidade de licitação; f) fraude à licitação; g) delito do inciso “V” do Decreto-lei nº 201/1967; h) falsificação de documentos públicos e privados; i) lavagem de dinheiro.

Fonte: Semana7
http://semana7.com/noticia/9071/Aurelio-Mendes-e-preso-na-operacao-do-Ministerio-Publico

Nenhum comentário:

Postar um comentário